Um salmo para tempos modernos

Salmo 131

“Senhor, não é soberbo o meu coração, nem altivo o meu olhar; não ando à procura de grandes coisas, nem de coisas maravilhosas demais para mim.

Pelo contrário, fiz calar e sossegar a minha alma;

Como criança desmamada se aquieta nos braços de sua mãe, como essa criança é a minha alma para comigo.

Espera, ó Israel, no Senhor, desde agora e para sempre.”

Numa sociedade onde “precisamos” ter tudo, realizar grandes feitos, viajar para vários lugares… Onde os prazos são para ontem e o celular não para de apitar.

Quando o silêncio pacífico, confortador e renovador do Senhor penetrar nas nossas almas, talvez possamos compreender que a esperança e a espera Nele produz o verdadeiro contentamento e liberta das ambições do mundo.

Cooperador de Cristo   

 

3 comentários sobre “Um salmo para tempos modernos

  1. Li esse salmo hoje pela manhã e você me lança um post sobre ele…

    Muito legal, amigão!

    Grande abraço!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *