Arquivo da tag: salmo 115

Em quem tenho me tornado?

Os ídolos deles, de prata e ouro, são feitos por mãos humanas.
Têm boca, mas não podem falar, olhos, mas não podem ver;
têm ouvidos, mas não podem ouvir, nariz, mas não podem sentir cheiro;
têm mãos, mas nada podem apalpar, pés, mas não podem andar; nem emitem som algum com a garganta.
Tornem-se como eles aqueles que os fazem e todos os que neles confiam.
Salmos 115:4-8

Triste pensar sobre essa possibilidade de fim…
Me tornar o sexo…
Me tornar o meu trabalho…
Me tornar o em poder…
Me tornar meu time de futebol…
Me tornar meu hobby…
Me tornar dinheiro…

Essa transformação vem acompanhada com o fato de…
não termos mais o que falar…
não termos mais como olhar com os olhos da fé, o olhar misericordioso, o olhar sobre a criação…
Deixarmos de ouvir o próximo e o nosso verdadeiro Deus…
Deixarmos de sentir o aroma agradável de Cristo…
Deixamos de lado o tato, o contato, o abraço, o carinho…
Os pés deixam de nos levar aos lugares altos, não nos enviam a anunciar as boas novas…
O silêncio e a solidão tornam-se companheiros do dia a dia…

Que possamos mirar no único Deus verdadeiro! Meu desejo é me tornar como Ele! Aquele que enche minha boca de boas novas. Que me estimula a olhar ao próximo e desenvolver olhos de fé. Que me chama a ouvi-lo e a ouvir o próximo. Que me faz sentir cheiros melhores que as das mais preciosas especiarias. Desenvolve meu tato, meu contato. Que me faz subir aos lugares altos para contempla-lo. Que me faz emitir palavras de gratidão, confissão, salvação e edificação.
Um Deus vivo nos transforma em “humanos vivos”
Que assim seja!

Abraço e até a próxima!

Anosmia espiritual (Ou por uma espiritualidade do cheiro)

Anosmia é a perda da capacidade olfativa. Não consigo mais sentir o cheiro. Me lembro quando conheci a família da minha esposa pela primeira vez. Cheguei no fim da tarde para comer um delicioso bolo feito pela dona Ione (minha querida sogra). Seria perfeito se não fosse por um motivo… eu estava com o nariz todo enfaixado por causa de uma cirurgia. Comi aquele bolo, mas ele não tinha cheiro e nem gosto.

Vejo que esse é um problema de nossa sociedade. As pessoas vivem a vida, se relacionam , mas não sentem cheiro. Anosmia! Alguns cheiro me trazem saborosas lembranças. O cheiro do meu pai (hoje entendo porque minha vó pediu a toalha do meu pai para a minha mãe, assim que ele faleceu), Cheiro de chuva, cheiro de nenê(minhas filhas estão crescendo), cheiro do café sendo feito, cheiro de fazendo, cheiro da minha esposa, cheiro de Deus!

O nosso Deus é um Deus que cheira, e nos permite cheira-Lo!

O cheiro exige vida, relacionamento, intimidade, experiência.

O que acontece então com nossa sociedade? Talvez o salmo 115 nos ajude:

Os ídolos deles, de prata e ouro, são feitos por mãos humanas (…)têm nariz, mas não podem sentir cheiro (…) Tornem-se como eles aqueles que os fazem e todos os que neles confiam. (Salmo 115: 4, 6 e 8)

Criamos os ídolos de nosso presente século. Individualismo, hedonismo, materialismo, ativismo. Esses ídolos não podem sentir cheiro. E “aqueles que os fazem e todos os que neles confiam” se tornam como eles.

Pronto! Bem vindo à Anosmia!

Wattsapp não sente cheiro. Facebook não sente cheiro. Chat não sente cheiro. Vida vívida na internet não dá cheiro. Sexo sem cheiro. Turismo sem cheiro. Diploma sem cheiro. Profissão sem cheiro. Religião sem cheiro. Comida sem cheiro. Amizade sem cheiro. Conta bancária sem cheiro. Esposa sem cheiro. Filhos sem cheiros.

Em lágrimas reconheço minha Anosmia espiritual! Ruim é viver o que o poeta escreve:

“Se fosse só sentir saudade
Mas tem sempre algo mais
Seja como for
É uma dor que dói no peito”

Uma vida sem cheiro é acompanhada de saudade e algo mais. Geralmente culpa, remorso, ódio, inutilidade, arrependimento.

Que eu e você possamos viver uma saudade cheirosa!

Abraço e até a próxima!