Arquivo da tag: juízo

Em que implica a ressurreição de Cristo?

Narram os evangelhos que Jesus morreu em uma sexta-feira e após três dias (contando-se o dies a quo e o dies ad quem, ou seja, inclusive o primeiro e o último dias) foi ressuscitado. Mas o que significa e, mais do que isto, representa a ressurreição do cristo salvador?
Primeiro, como mencionei, a salvação. Ele morreu pagando pelo pecado da rebeldia e indiferença do ser humano em relação a Deus. É um pouco abstrato, mas gostaria que você visualizasse que de nada adiantaria ele simplesmente ter morrido. Se morto e aplicarmos a regra geral descrita na Bíblia, então Jesus estaria dormindo e aguardando o dia do juízo para ressuscitar. Não é o caso! Justamente porque ele ressuscitou é que cremos na existência desta realidade também para nós, cristãos.
Segundo porque ele foi o primeiro a ressuscitar, abrindo caminho para os que viriam após ele. Há para nós, no entanto, este momento de espera como expliquei. Agora creio que a vida não se limita a esta era presente, mas sim tenho a esperança de um dia também ressuscitar e estar diante de Deus, assim como Cristo está.
Depois porque ele foi o único deus das grandes religiões do mundo que não permaneceu morto. Segundo a tradição hindu, o Buda tem morrido e reencarnado por gerações e gerações. Maomé, o profeta do islamismo, simplesmente morreu. Os espíritos do espiritismo, ainda que não sejam vistos propriamente como deuses, estão igualmente mortos. De que vale afinal um Deus morto?
Deixando de lado esta parte teológica, o que mais há na ressurreição de Jesus? Há o meu foco não na crucificação em si, mas na pessoa que foi crucificada. Jesus venceu a morte e o Acusador. Tenho um advogado diante de meu Pai no céu. Pai este que é amor, mas também justiça. E, motivado pela vida do Salvador, posso tentar superar o velho medo do julgamento e condenação.
Luto hoje para não pensar em mim pelo que faço, ou pelo que possuo, muito menos pelo que os outros pensam de mim. Cristo vivo me pede para que deixe de lado os julgamentos, opiniões, avaliações e condenações por parte do Acusador e também dos outros seres humanos. Se não sou condenado por Cristo, não há como condenar a ninguém. A liberdade ganha espaço nos meus relacionamentos e, baseado na vida plena proposta por Cristo, posso viver distante do que tem pregado a cultura na qual estou inserido.
Por fim e não menos importante, Cristo ter ressuscitado representa a possibilidade de me relacionar toda hora, todo o tempo com o Deus que é meu amigo, que genuinamente tem interesse por mim e que tem cuidado de mim.
E para você, o que representa a ressurreição de Cristo?
Forte abraço.