Arquivo da tag: controle

Do protagonista

Somos um grão de areia na história do mundo. Construímos navios, fomos à lua, avançamos na cura de doenças, terminamos um curso universitário, passamos num concurso, temos sucesso na empresa: tudo é mais um grãozinho de areia na história do universo, embora nos pareça muita coisa.

Nos cremos ser muita coisa e de fato fomos criados para ansiar sempre mais, sempre algo melhor. Porém, muitas vezes nos cremos autossuficientes. Independentes. E nos perdemos em nossos monólogos ou em nossos diálogos, sem deixar que participe ativamente aquele que é o ator principal.

Deus é o verdadeiro protagonista da história: da do mundo e da nossa, embora queiramos sempre roubar a cena. No evangelho vemos diversos personagens: Nicodemos, Marta e Maria, Lázaro, os apóstolos, Maria e José… Mas o foco nunca deixa de ser Jesus: os outros aparecem e cumprem a função de que conheçamos mais do caráter dele, do cuidado dele conosco.

Nunca estamos no controle da nossa vida. Melhores são os momentos em que admitimos nossa pequenez, nossa dependência.  Deus é o verdadeiro protagonista e nós como atores principais somos, francamente, um desastre.

Não vou perguntar quem é o protagonista da nossa vida, pois já sabemos a resposta. A pergunta que deixo é a seguinte: temos confiado que esse protagonista está cuidando das cenas, dos scripts e dos cachês? Temos seguido as suas deixas e seus roteiros ou a nossa vida tem se caracterizado mais pela rebeldia e pela vontade de ganhar o papel principal?

No controle (?)

Tem trecho da bíblia que sempre me incomodou. Em I Crônicas 21, a bíblia conta que o Rei David resolveu mandar fazer um recenseamento de seus súditos sem que Deus tivesse ordenado. E Deus fica muito chateado com David e eu nunca entendi o por quê.

David, como todos nós, queria sentir o controle da situação. Queria saber quantos soldados tinha, qual era o tamanho do seu reino. Queria poder confiar em si mesmo e na potencialidade humana que tinha em suas mãos. Como gostamos de ter a ilusão de que estamos no controle das coisas, da nossa vida, dos acontecimentos à nossa volta!!

Na nossa vida, tentamos ficar nós mesmos com o controle das coisas. Naturalmente queremos nós sentir alguma sensação de domínio sobre a situação. Mas o que Deus quer é justamente que vivamos de acordo com o Espírito, que é ” como o vento“, i.e., imprevisível. Mas nós, bobos que somos, achamos que podemos prever as coisas, podemos estar preparados para tudo.  O que Deus quer é que nos planejemos e não sejamos irresponsáveis, mas que entreguemos as coisas em suas mãos, que confiemos bem mais nele que em nossas mãos.

Se eu que sou muito míope e já não enxergo bem as coisas claras a 1m de distância, quão “cega” não sou para as coisas ainda mais distantes? Eu é que não quero estar mesmo responsável – ou achar estar responsável e sentir o peso – de todo o meu futuro. Melhor mesmo é entregar as coisas que nos aflijem, e que nunca estarão 100% sob nosso controle, a Deus em oração. Ele quer ser o Senhor da nossa vida não só do agora, mas também do porvir.

“Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus” (Fp 4:6-7)

E você, amigo? Tem tido a ilusão de estar no controle ou tem experimentado a paz da espera em Deus?