Arquivo da tag: Ano Novo

Um novo ano

Adeus 2014. Olá 2015! Uma troca de agenda, de calendário, de página. Entre um ano e outro, apenas um segundo de diferença. 23:59:59 que se torna 00:00:00. De forma pratica e racional, pouca coisa mudou. Um segundo não é tempo humano bastante para mudanças significativas. Mas a virada de ano nos trás a sensação de renovação, de recomeço. Temos a impressão de que podemos reciclar partes de nossa vida. E quer saber? Nós podemos! Pra Deus, um segundo é mais que suficiente!

Então aproveite a chance. Entregue este segundo pra Deus e o deixe agir. Renove seus votos. Deixe um pouco do velho homem no 59 final. Entre no 00 com disposição para ouvi-Lo e ama-Lo.

Pouca coisa mudou. Mas o pouco que há diferente é mais que suficiente pra ser importante!

Que nosso 2015 seja perto Dele!

Um abraço!

Jogo rápido com Deus

Um novo ano se inicia…

Imagina se você pudesse fazer um “jogo rápido” com Deus?(Aquela “brincadeira de perguntas e respostas rápidas)

Quais  perguntas seriam feitas sobre o ano de 2014? Quais perguntas seriam feitas sobre o ano de 2015? Quais perguntas seriam feitas a respeito de sua vida como um todo?

Creio que todos ficamos bravos com várias situações que já nos ocorreram. Além disso, vivemos um período de grande pessimismo sócio-político. O que enxergamos ao nosso redor não é animador.

São muitas perguntas…. muitos se colocam como grandes sábios e tentam responder. Mas, o fato, é que somos limitados, não conseguimos enxergar muito à nossa frente.

Em meio a tudo isso, recorremos Àquele que é o todo poderoso. Perguntas das mais diversas:

  • “Até quando clamarei por socorro, sem que tu ouças?”
  • “Até quando gritarei a ti: “Violência!” sem que tragas salvação?”
  • “Por que me fazes ver a injustiça e contemplar a maldade?”
  • “Tu não és desde a eternidade?”
  • “Por que tolera os perversos?”
  • “Por que fica calado enquanto os ímpios devoram os que são mais justos que eles?”
  • “Continuará ele (o inimigo) esvaziando a sua rede, destruindo sem misericórdia as nações?”

Perguntas atuais não é? Foram tiradas de um livro, escrito 600 anos antes de Cristo, por um homem chamado Habacuque. Um homem inquieto, que sofre ao ver a nação de Israel à beira da destruição (pelos inimigos e grande potência do momento: Babilônia). Em seu livro ele faz 7 perguntas a Deus e espera a resposta (Hc. 2:1). Deus aparece na brincadeira do  “jogo rápido” e o responde.

A resposta de Deus não realça as circunstâncias, mas a Sua justiça. Isso faz toda a diferença. Não podemos colocar nossa esperança nas boas circunstâncias.   Elas fazem parte da vida, mas elas passam. Não podemos perder nossa esperança nas circunstâncias ruins da vida. Elas acontecem, mas passam. Onde devemos colocar nossa esperança? Em uma relação!

Uma relação saudável e verdadeira com Àquele que tem a História em Sua mão! Em sua justiça, em seu amor, em seu cuidado e em sua ação nesse mundo que teima em não reconhecê-lo!

Foi isso que fez a diferença para Habacuque! Não foi a promessa de boas circunstâncias e sim a lembrança de um caráter justo, presente e amoroso. Notamos isso claramente no fim da carta de Habacuque:

Ouvi isso, e o meu íntimo estremeceu, meus lábios tremeram; os meus ossos desfaleceram; minhas pernas vacilavam. Tranqüilo esperarei o dia da desgraça que virá sobre o povo que nos ataca.
Mesmo não florescendo a figueira, não havendo uvas nas videiras; mesmo falhando a safra de azeitonas, não havendo produção de alimento nas lavouras, nem ovelhas no curral nem bois nos estábulos,
ainda assim eu exultarei no Senhor e me alegrarei no Deus da minha salvação.
O Senhor Soberano é a minha força; ele faz os meus pés como os do cervo; ele me habilita a andar em lugares altos.

Habacuque 3:16-19

Que nesse novo ano, você se apegue à relação e não às circunstâncias! Que possamos descobrir um Deus em quem podemos exultar e alegrar, o Deus da nossa salvação! E que possamos andar nos lugares altos, sempre ao lado Dele!

 

Grande abraço e feliz 2015

Recomeço

O primeiro dia!! O que você fará diferente neste ano?

A ideia de ciclo que a contagem do tempo nos dá penso ser muito benéfica. Dá uma sensação de liberdade do passado: posso fazer diferente! Posso melhorar! Posso deixar os erros para trás! E de fato podemos, até certo ponto.

Que neste ano você não deixe Deus em segundo plano.

Que neste ano você planeje a sua vida. Realize-os. Avalie os erros e acertos. E aja diferente nos novos planos. #PDCA

Que você possa valorizar as pessoas e o tempo com elas. Mais do que as atividades e os bens. Lute para a agenda não engolir a família e os amigos.

Dedique-se mais no seu trabalho.

E preocupe-se menos.

Para onde formos, com o Senhor vamos.

Tenho posto o SENHOR continuamente diante de mim; por isso que ele está à minha mão direita, nunca vacilarei. Sl 16:2 (NVI)