Sobre o (não ter) tempo

Tempo

Segunda feira, o Guilherme escreveu um excelente post sobre o tempo (se você ainda não leu, não deixe de ler). Nele, Guilherme proporciona-nos a seguinte reflexão: onde você tem vivido no tempo? Passado, presente ou futuro?

Nossa tendência natural é ou vivermos presos no passado ou criando expectativas demais pelo futuro e, assim, acabamos que não vivemos o tempo que realmente deveríamos viver: o presente. As idéias apresentadas foram unanimidade nos comentários, no entanto, gostaria de estendê-las, se é que você me permite.

Todos sabemos que devemos viver o presente. No entanto, quem de nós realmente o vive bem? Creio que mesmo convivendo bem com nossa história e ajustando as devidas expectativas para nossos sonhos, não sabemos vivê-lo como deveriamos.

Queremos viver o máximo possível a cada segundo e acabamos nos atropelando com um ritmo frenético de atividades e pensamentos. Afinal, quem não gostaria que o dia tivesse 36horas?

Pessoalmente, creio que é irrelevante quantas horas tem o dia. O problema não é o “não ter tempo” – o problema somos nós. Se o dia tivesse 36 horas, com certeza sonharíamos com um dia de 48 horas, se o dia tivesse 48 horas com certeza almejaríamos 60 horas  e por assim vai…

Não ter tempo é não ter prioridades

Uma vez um amigo meu disse algo que me marcou muito e acabei tomando sua fala como uma máxima para minha vida:

A desculpa “não tenho tempo” não é válida.
Não ter tempo é não ter prioridades.

Essa é uma das maiores verdades que eu já ouvi. E o engraçado é que só percebi o verdadeiro significado dessa fala quando eu estava no auge do meu “não tenho tempo“.

O primeiro semestre do ano passado foi terrível. Fazia iniciação científica e duas das matérias mais pesadas do curso. Foram raras as noites de final de semana que eu não ficava fazendo trabalho. Durante o último mês e meio de aulas dormia apenas 5 horas por dia e ainda deixei de entregar vários trabalhos pontuados.

Terminei meu namoro, porque não tinha tempo para sustentar o mesmo. A relação com minha família se deteriorou bastante, pois não tinha tempo para gastar com eles. Me afastei de todos os amigos, pois também não tinha tempo para encontrar com eles.

Hoje vejo que, mesmo nessa situação caótica, não é que eu não tinha tempo. Na verdade,  é que eu priorizava demais meu rendimento acadêmico. Uma questão de escolhas. Está certo que quando você está em meio ao caos, é muito difícil de compreendê-lo, mas eu sabia, o tempo todo, que tinha algo errado. Seja pelas brigas no namoro, seja pelo cansaço físico, seja pelos desgastes constantes com minha mãe…

Hoje tenho para mim que, se minhas atividades cotidianas não estão cabendo num dia ou estão afetando meu relacionamentos, tem alguma coisa errada. “Alerta! Prioridades invertidas!” Estou deixando-me ser levado pelo tempo, enquanto que deveria ser o contrário – deveria levá-lo para as coisas que, no final das contas, realmente importam.

Enfim, escrevi tudo isso só para deixar uma pergunta: o que você tem feito com o seu tempo?

22 comentários sobre “Sobre o (não ter) tempo

  1. Muito legal Mateus!!! Creio ser esse um dos maiores problemas da modernidade, e quando você fala da sua vida eu me identifico!
    Me lembro do que Jesus disse no sermão do monte: “pois onde estará o seu tesouro, aí também estará o seu coração” Mt 6:21. Engraçado, o coração migra para onde estiver o tesouro e muitas vezes é aí que temos tesouros fúteis, que nos tirará da nossa prioridade e “escravizará” nosso coração. Estou em uma grande luta, atualmente para que meu coração migre para tesouros que, de fato, valem a pena!!
    Abração amigão!

  2. cara, a reflexao sobre o tempo eh uma necessidade atual e esta frase sobre prioridades eh um novo conceito, ate revolucionario.

    eh uma triste ironia quando por exemplo um pai trabalha extremamente a fim de proporcionar aos filhos o melhor e acaba perdendo o melhor dos filhos.

    abracao, gostei mto do post.

  3. Viver em prioridades é sempre um desafio pra mim. Gosto muito do versículo do Salmo de Moisés, Sl 90:12: “Ensina-nos a contar os nossos dias de tal maneira que alcancemos corações sábios.” Aproveitar bem o tempo era um desejo de Moisés e ele pede a Deus que o ensine a aproveitar bem o seu dia para alcançar um coração sábio. Sempre que eu penso que não tenho tempo, eu lembro desse versículo e me questionado quanto tempo eu tenho desperdiçado… E eu continuo desperdiçando muito tempo ainda! O que me resta é orar a Deus para que ele me ajude! Mais uma boa reflexão pro dia de hoje!

  4. Amigo, essa sua instigação a repensar o cotidiano é muito boa! Se eu leio algo que me ajuda aplicar na minha vida instantaneamente, saio muito mais edificado! Eu, ao contrário, queria um dia com 12h. Ia ser mais fácil pra viver em prioridades! hehe. Na verdade a convenção está aí. 24h pra organizarmos tudo, viver em prioridades e dar lugar à necessidade do sono. Grande desafio esse! Importante é que como Lutero se tenho mais o que fazer, mais devo ficar com Deus!

    Vc me surpreende cara! Muito doido mesmo! valeu demais!

  5. Muito boa reflexão, Mateus! A minha luta é a mesma… Eu sempre me peguei lutando por viver em prioridades, mas é complicado demais pra mim.
    Já tirei a conclusão de que vida em prioridades é coisa para pessoas sábias, e ouso dizer que essa sabedoria é dada pelo Pai…
    “Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida.” Tg.1:5
    “Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, e sim como sábios, remindo o tempo, porque os dias são maus.” Ef.5:15-16

    Tempo bom vai ser aquele que não mais teremos problemas com os nossos relógios… Daí, começaremos a dizer como o nosso Amigão:
    “Ainda não é chegada a minha hora…” ou “Eis que é chegada a hora…”

    Muito legal o post… simples, pessoal e desafiador…
    Grande abraço e aguardo os próximos!

  6. Pois é, muito doido pensar nessas coisas, me identifico também com o que as pessoas dissera. Muito bom o versículo que a Tati citou.
    “Estou deixando-me ser levado pelo tempo, enquanto que deveria ser o contrário” é muito verdade!!!!!!!!
    Como o Dk tem repensado, eu tenho tentado fazer há algum tempo. Ainda assim tenho muita dificuldade no meio do semestre!
    Forte abraço, amigo!

  7. Oie!! adorei o site de vcs, parabéns!
    Tati, o versículo de Salmos é realmente uma chacoalhada, pelo menos pra mim. Por muito tempo já eu peço sabedoria à Deus, mas tenho tido MUITAS dificuldades pra priorizar o meu dia a dia. Essa semana eu tenho lutado com muita força contra o “não tenho tempo” (com a ajuda de Deus, lógico, porque já descobri da maneira mais difícil que minhas forças não são capazes de nada), e finalmente tenho conseguido esvaziar minha mente dos problemas e conseguir concentrar naquilo que realmente importa. E pra mim o versículo chave está sendo Filipenses 4:6 e 7– “Não andeis ansiosos por coisa alguma, mas em tudo (…)apresentem seus pedidos a Deus. E a PAZ de Deus (…) guardara o CORAÇÃO e a MENTE de vocês EM Cristo Jesus.”

    Obrigada, esse post me valeu o dia!!
    beijos pra todos…

  8. Muito interessante Mateus. É ruim pensar que, quanto ais coisas eu tenho pra fazer, enos eu gasto tempo com o Cara. A lógica deveria ser o contrário!

  9. Ow achei esse um dos posts mais innteressantes … principalmente porq se encaixa perfeitamente nesse meu anu( 3° e ultimo)!!! As vezes o povo ( me incluo ai) fica muito pra baixo e muito estressado pq agente tem mta coisa pra fazer o tempo todo.. e tipo eh necessario dedicar muito tempo nois estudos!!! Há uma epoca atras .. naum mto tempo eu tava na pior fase pq naum tava saindo com meus amigos naum tinha animo para as coisaas do colegioe tudo me estressava.. graças ao Pai hj to bem e digamos q mais motivado doq antes.. uma coisa mto doida q percebi q ao mesmo tempo q deixei de sair com meus amigos… diminui o tempo com Deus …. a escola tbm se tornou uma tortura praa mim… e eu acabei percebenu ..serio msm.. q o tava acontecende era realmente uma inversão de prioridadese eu agredeço a Deus todo dia por ter colocado pessoas especiais na minha vida e q me ajudam sempre q eu preciso pq se nun fosse eles .. sei anum viu galera!!!
    ah eh issu … achu q flei de mais neh ? abraço a todos

  10. Ow, esse post foi simplesmente o máximo!
    Rato eu sou sua fã, vc sabe!!! 1a fila do seu casamento ( que será muuuuitos anos antes do meu.. hahaha!), hein?!
    Essa questão do tempo é uma coisa que eu tenho q trabalhar muito, e Deus tem me falado sobre isso há quase um ano! ( Quem viu a palestra do Schmal sobre o mandamento de guardar o sábado deve saber do que eu estou falando)
    Ainda assim, estou vivendo esse dilema até hoje. Mas tem sido super válido entender , mesmo que lentamente, sobre esse assunto. O que fazemos com o nosso tempo é, na realidade, o que fazemos com a nossa vida.
    Mt 16: 26 : “Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? ” Me atrevo até a ir mais além : De que adianta ganharmos qualquer coisa, se perdemos em relacionamento com Deus? (Auto- pergunta)
    Beijo!!!!!

  11. É, Rato, é muito fácil se deixar levar mesmo. A gente vai na onda, assume mil compromissos e quando vê…
    Conviver com o tempo é muito difícil. Mais fácil é deixar-se levar pela máxima burguesa do “tempo é dinheiro” e ocupar cada segundo do tempo com coisas que nós achamos que são as mais importantes e urgentes do mundo. Aí aquilo que de fato importa fica de lado. É como o vidigas falou, o pai que trabalha pra cuidar dos filhos mas não passa tempo com eles.
    Muito legal a reflexão!
    bjos!

  12. A verdade é que, atualmente, acho que todo mundo tem problemas com o tempo, mas não creio que seja um problema só da nossa época.
    (apesar de toda a transformação do mundo realmente ter nos levado a uma rotina cada vez mais cheia, cada pessoa se incomoda de acordo com a realidade que conhece; há relatos do séc XVIII de moradores a zona rural dizendo como era insuportável o barulho!)

    Todos temos 24 horas todos os dias, a diferença é como vamos fazer uso delas. Não ter tempo para coisas que nos são importantes talvez seja ter prioridades erradas.

  13. É isso ai galera… Muito obrigado pelo feedback e pelos comentários! Fcio feliz de ter proporcionado uma reflexão significativa para vocês…

    @Homero
    Sempre penso nisso – o mais natural é pensarmos que investiremos naquilo que nosso coração se apega, mas Jesus fala justamente o contrário: nosso coração vai se apegar às coisas que investirmos… Esse fato trás uma grande responsabilida às nossas decisões!

    @Vidigal
    Triste mesmo essa idéia… Mas se não cuidarmos, é muito fácil de sacrificarmos os objetivos por causa dos meios que usamos para obtê-los! Belo exemplo!

    @Daniel @Gabriel @Rafael
    Essa é a idéia! Repensando que melhoramos nosso dia a dia!

    @Tati @Edu @Ana
    Realmente… Muito difícil viver em prioridades… É muito tênue a linha entre o “viver em prioridades” e o não viver. E, com absoluta certeza, é muito mais fácil e natural não vivermos (apesar das consequências desastrosas).

    @Paulinha
    Muito obrigado pelo comentário e pela visita! Esse versículo é fantástico! Pena que tenho tenho grandes dificuldades em executá-lo… :-(

    @MaaU
    Ralmente 3o ano é muita pressão. Mas é só o início, se formos na onda do mundo não teriamos tempo para nada mais: amigos, família – só teriamso tempo para dedicar para nosso sucesso “profissional”… Fique firme ae!

    @Nati
    Exageraaaaaaada… 😀 Brincadeirinha, muito obrigado pelos elogios! Versículo super propíxio para as idéias – acho que resume tudo.

    @Fernanda
    Com certeza. É exatamente isso!

    Abraços!

  14. mtu bom ratinho…
    to sempre vendo o blog mas nunca comento, ta tudo otimo viu?! decidi comenta hoje so pq eu gosto mtu dos seus textos, quando é seu eu sempre leio… acho vc mtu prático e profundo ao msm tempo, vc pensa (e isso é raro), adoro o fato de q vc naum é nada simplista nem cheio de teorias bonitas q no final nos mostram apenas o quanto naum conseguimos vive-las… gosto de textos como os seus pq quando leio naum me sinto um et, me sinto simplismente humana…
    e foi otimo ler seu texto e pensar um pouco sobre meu tempo, pq tenho mta dificuldade de organiza-lo… quero abraçar o mundo, fazer tudo e no final vejo q naum consegui fazer nem o suficiente…
    é isso aí… obrigada pelos seus textos…
    esse blog é uma forma não so original mas mtu eficaz de servir a Deus e ajudar pessoas… bju

  15. AAh Nanda! Finalmente! 😀
    Já estava ficando triste que você não tinha mostrado as caras por aqui ainda… Deixa de ser boba e comenta mais, viu?
    Não tem dessa de “os comentários estão muito complexos ai fico intimidada”, não! Com absoluta certeza, seus comentários adicionarão muito à discussão.

    E obrigado pelos elogios!! Fico feliz de ouvi-los pois você citou vários dos atributos que mais prezo em uma pessoa!
    E também fico feliz que eu tenha contribuido para você pensar um pouquinho no seu tempo! Essa atitude de querer abraçar o mundo, infelizmente, também é minha tendência… Estou em altos apuros por causa dela! heheh
    Bjo

  16. Rato! Muito bom! Gostei mesmo! Super encaixou na minha vida. Eu sempre falo isso de não ter tempo, mas eu sei mesmo que o tempo eu tenho, só não tenho feito tudo que eu devia! Isso que você colocou das prioridades, muito legal também! Não tinha parado ainda pra pensar nisso. Realmente, se falta tempo, é porque você não está tendo prioridades. Uma das primeiras palestras que eu escutei no grupo foi a do Dudu falando das prioridades que devemos ter em nossas vidas! Lembro que as idéias me marcaram muito (e continuam marcando até hoje) e fazem uma grande diferença na minha vida. Mas enfim, achei muito legal também você ter se aberto assim no post, muito legal mesmo! Atualmente, eu tenho me esforçado bastante pra conseguir me organizar melhor, e estou conseguindo! Mas sempre cometo alguns deslizes.. Sinceramente, tenho que reavaliar minhas prioridades do momento, e acabar com aquela idéia de que: “ah não, semana que vem vai estar mais tranquilo” e deixar de cumprir nosso compromisso. Isso é péssimo pra mim, me sinto péssima quando ajo assim! Porque no fundo eu sei que eu só estou adiando, e não vou fazer! Mas tenho orado pra mudar e já tenho conseguido resultados! =)

  17. Muito bom post… Eu tenho muita dificuldade de me organizar… Ultimamente, evito falar que não tive tempo para fazer A ou B, mas o difícil é que sem o argumento da falta de tempo às vezes fica difícil de se explicar para uma eventual falta com alguém… hehehehe; Mas é bom passarmos por situações em que não sabemos como se desculpar porque nos leva a refletir e reavaliar nossas prioridades e ainda por cima a sermos sinceros e nos arrependermos.

  18. Pingback: O que é o amor?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *