Quem É Amigo, Avisa

“Quem avisa, amigo é”. Até parece uma praga. Geralmente quando se diz este provérbio a pessoa parece mais torcer para que a outra faça o contrário do conselho previamente dado e quebre a cara. Aí ela poderá dizer: “Eu avisei…”. Entretanto, falarei sobre o outro lado. O aviso. O valor do aviso de um amigo.

Mel

Caros, escrevi dois textos sobre elogios. O primeiro dizia da soberba envolvida. Disse basicamente que procuro deixar com a pessoa a tarefa de lidar com o orgulho. Não quero fazê-la orgulhosa mas não vou deixar de fazer elogios por isso. O segundo falou um pouco sobre o morde-assopra: elogiar para depois criticar. O post falava sobre não ouvir uma crítica depois, era o “simplesmente sopra”, mas não acho que o morde-assopra é ruim, não necessariamente.

Há porém um espaço vazio entre esses temas. Se por um lado não quero fazer o outro orgulhoso ao elogiá-lo, por outro sabemos um pouco do potencial que tem um elogio. E se há o simplesmente sopra, haveria também lugar para o simplesmente morde?

Se sabemos o potencial de um elogio, usamos dele como uma arma, bajulamos? Só elogiamos, não criticamos? São coisas distintas.

Há o adular, o lisonjear. Elogiar querendo algo em troca. Pode ser o favor, pode ser um outro elogio, não importa. O bajulador parece querer cegar o que ouve. E, vou dizer algo muito sério, às vezes sinto que sou bajulado.

Há também só elogiar, não criticar. Não digo que é errado, apenas que é menos precioso. Um homem disse uma vez: “amigo [é] o cara mais chato e legal ao mesmo tempo”. O amigo tem que dar toques, criticar, admoestar e outros vários sinônimos que no fim dirão a mesma coisa. Tem que avisar.

Sugestões Práticas

  • Se por um lado podemos querer receber a repreensão, ela raramente é fácil de se entregar. Assim, procure aliviar a barra de quem dá a cara a tapa e lhe faz uma crítica. Agradeça o toque. Elogie (sem bajular!!) a iniciativa.
  • Não se ache o íntimo para sair repreendendo todo mundo. Lembre-se que todos temos que ganhar o direito de falar.
  • Escolha pessoas sábias e convide-as a ficar livres a lhe corrigir.
  • Ao ouvir uma crítica, nunca diga na hora que não concorda. Pense a respeito, procure a opinião de outras pessoas. Não procure pessoas que você sabe que lhe dirão apenas o que você quer ouvir!
  • Procure no seu coração – qual a razão do seu elogio? (Comecei a ver mais de perto este aspecto quando escrevi Elogios – A Soberba, acho que às vezes eu também bajulo, me perdoem)
  • Lembre-se que o sábio ama a repreensão.

7 comentários sobre “Quem É Amigo, Avisa

  1. Mt bom, lindo!

    Me interesso muito por esses seus posts que falam sobre o elogio. A linguagem é o nosso mais importante instrumento de comunicação, acho essencial que sejamos alertados para não usá-lo como uma arma, no sentido de ganhar pessoas, de parecer ser alguem que não é… Só nós mesmos temos domínio sobre o grau de verdade do que vamos falar, a “falta” de um vigia faz com que a manipulação da verdade seja mais fácil, por isso acho interessantíssmo vc alertar a nossa consciencia. Tenho certeza que Deus prima pela verdade.

    Concordo com essa frase desse homem que vc citou. Amigo é aquele que lhe dirá a verdade mesmo que doa, ou que queime o filme daquele que diz. Por isso foram essenciais as sugestoes práticas que você deu. Se queremos, de fato, ouvir avisos devemos ser pacientes, compreensivos e gratos às críticas. Saber ouvir calado uma repreensão (de alguem sábio) é imprescindível para absorvê-la. Acho que justificativas camuflam o impacto que ela deveria ter na nossa mente. É osso, mas necessário.

    Amei a imagem tb!

    Beijos!

  2. Muito interessantes as questões levantadas nessa série de posts sobre “interferir na vida alheia”… Quero pensar mais sobre isso, eu acho que cumpro bem a função de “avisar” com alguns amigos e em algumas situações, mas é melhor que seja mais frequente

  3. Atalaia, sentinela, vigia, guarda, aquele que tem o “dom que ninguém quer ter”( John Ortberg), “o cara mais chato e legal ao mesmo tempo”: AMIGO.
    Obrigado pela amizade Vidigas. Pode ser chato, pq eu sou bastante…

    Gostei da foto…
    “Coma mel, meu filho. É bom. O favo é doce ao paladar.” Pv 24.13
    ” Se você encontrar mel coma apenas o suficiente, para que não fique enjoado e vomite.” Pv25.16

    flw!

  4. legal essas idéias sobre elogios, amizade, repreender; tenho super dificuldade em admoestar amigos…
    gostei muito também das sugestões práticas !

  5. Me senti lisonjeado pela citação! :)
    No mais, pontual e prático como sempre! dicas muito sábias! vou acrescentar mais uma a lista:
    – Se for repreender, repreenda em particular
    Abraços

  6. legal demais.
    ouvir conselhos não quer dizer fazer o que estão lhe mandando fazer. é, ao menos, dar a oportunidade pra que digam. Háalguns mto fechados que nem sequer dão essa oportundidade. A gente deve BUSCAR ouvir. Processar informações, orar e em seguida tomar decisões. Ninguem ao falar deve ser néscio. Tem que pensar pra dizer. ser responsavel qdo se lida com vidas. orar. e não criar a expectativa de que o conselho seja seguido.. dê a direção…oriente, esse é seu papel

  7. sou muy amiga: seu post está ruim!!! hahaha tô de brinks, achei ótimo! e achei legal essa conexão que vc fez com os outros dois posts anteriores que vc escreveu.
    E foram muito válidas as sugestões práticas! Alguns já busco seguir, outros irei adotar!
    p.s.: adorei esse mel!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *