Poder da vida

John Stott  diz que “qualquer ação humana requer uma ajuda sobre-humana”. Por isso Jesus promete o consolador “o Espírito da verdade. O mundo não pode recebê-lo, porque não o vê nem o conhece. Mas vocês o conhecem, pois ele vive com vocês e estará em vocês”. (Jo 14.17).

E foi através da atuação desse Espírito que Jesus permitiu que o poder de Deus estivesse centralizado em sua vida. Jesus:

Foi concebido pelo Espírito (Lc 1.35)
Foi batizado pelo Espírito (Jo 1.32-33)
Guiado pelo Espírito (Lc 4.1)
Ungido pelo Espírito (Lc 4.18/At 10.38)
Ofereceu a si mesmo como expiação pelo pecado, pelo Espírito (Hb 9.14)

Foi ressuscitado pelo Espírito (Rm 8.11), a maior manifestação do poder de Deus. E é esse poder que Paulo ora para que conheçamos:

“Oro também para que os olhos do coração de vocês sejam iluminados, afim de que conhecam a esperança para a qual ele vos chamou, as riquezas da gloriosa herança dele nos santos e a incomparável grandeza do seu poder para conosco os que crêem, conforme a atuação da sua poderosa força. Esse poder ele exerceu em Cristo, ressuscitando-o dos mortos…”. Ef 1.18-19.

Esse é o poder que deve estar centralizado também em nossas vidas, o poder capaz de trazer à vida aquilo que está morto, o poder da ressurreição.

O que está morto em sua vida?
Um relacionamento?
Sua vida espiritual?
Seus sonhos?

Lembre-se que há um poder em você (aquele que crê) capaz de atuar poderosamente e trazer de volta a  vida. Jesus nunca achou que poderia fazer algo sozinho. Você continua achando?

Abraços

3 comentários sobre “Poder da vida

  1. “Lembre-se que há um poder em você (aquele que crê) capaz de atuar poderosamente e trazer de volta a vida.”

    Muito bom, amigão!

  2. Muito bacana Faell….eu estudava esse texto ontem…na verdade gastei um bom tempo nele e não tinha pensado da forma como você colocou. Obrigado amigão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *