Os dois jardins

“Ó vós que passais, vinde ver;
o homem roubou o fruto, mas eu devo subir na árvore;
a árvore de vida para todos, menos para mim:
‘Já houve dor como a minha?'”.
(George Herbert)

No início, um jardim e uma ordem. Adão e Eva tinham muita liberdade e uma única ordem: “Obedeçam- me acerca da árvore e viverão.”
Obedeçam e eu os abençoarei, mas eles desobedeceram. Esse talvez seja o protótipo de todas as suas ordens à humanidade.
Séculos mais tarde, um outro jardim e um segundo Adão (ICo15:45), e uma nova ordem. De “não coma do fruto” para “beba do cálice”. De “cuidado com a árvore do centro” para “se entregue naquele madeiro que será o centro da história”. Ao invés de “obedeçam e viverão”, a promessa “obedeça-me no madeiro e eu o esmagarei”. No lugar da desobediência, obediência.
Naquela noite, Jesus sentiu o cheiro do liquido transbordante do cálice. Talvez Deus o tenha feito dar as primeiras goladas para ajudá-lo a antever o que estava por vir. “Você beberá … esse copo de desgraça e desolação … Você o beberá até a última gota”. (Ez.23:32-34). “Você que bebeu da mão do Senhor o cálice da ira dele, você que engoliu, até a última gota, da taça que faz os homens cambalearem.”(Is.51:17).
Por isso a agonia
Por isso o suor
Por isso a tristeza
Mas, por fim, a oração “seja feita a tua vontade”

Mais que uma obediência passiva (se entregar na cruz), uma obediência ativa (caminhar, obstinadamente, em direção ao madeiro)

Você compreende tamanho amor?
Você compreende tamanha obediência?

Abraço e até a próxima!

Homero Castro

Sobre Homero Castro

Nome: Homero Resende Castro Nasci em 1979 em Belém do Pará, moro em Belo Horizonte desde 1989. Sou formado em História pela Universidade Federal de Minas Gerais. Desde 1999 trabalho como missionário na associação Alvo da mocidade. Eu e minha maravilhosa esposa, Camila temos duas filhinhas lindonas, Helena e Elisa, e uma sapeca cadela chamada Leona.

Um comentário sobre “Os dois jardins

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *