Olhos Fechados

“…não mais andeis como também andam os gentios, na vaidade dos seus próprios pensamentos, obscurecidos de entendimento, alheios à vida de Deus por causa da ignorância em que vivem, pela dureza do seu coração.” Efésios (4:17-18)

Vejo um povo desorientado, perdido. Um povo que, ao invés de ter Cristo no centro de sua vida, ditando suas atitudes e pensamentos, é controlado e manipulado pela moda digitalizada.

Um povo que fecha os olhos para as coisas do seu Deus e que não mais raciocina, não leva em conta a condição do ser humano.

Vivemos numa sociedade digital. Tudo pode ser dito, comprado e compartilhado sem saber ao certo, sua procedência e veracidade. Foi assim na época em que se dizia “o gigante acordou”, nas eleições e continua com diversas acusações e divulgações de sites de procedência duvidosa, com fortes indícios de trabalho escravo e infantil.

Um povo que tem se vendido pelos desejos da carne, do vestuário e da tecnologia.

Você está sendo observado. Seus filhos, seus companheiros, amigos e familiares observam se você tem vivido as coisas que diz crer sobre Deus. Será que sou apenas um cristão aos domingos?

Enquanto sigo de olhos fechados, com meus desejos fúteis no centro da minha vida, compactuo com a injustiça, com a miséria material e espiritual da minha geração. Enquanto fixo os olhos no computador, deixo o necessitado de lado e tampo os ouvidos para a voz do meu Deus.

“…que soltes as ligaduras da impiedade, desfaças as ataduras da servidão, deixes livres os oprimidos e despedaces todo o jugo? Porventura, não é também que repartas teu pão com o faminto, e recolhas em casa os pobres desabrigados, e, se vires o nu, o cubras, e não te escondas do teu semelhante?”

Cooperador de Cristo.

Um comentário sobre “Olhos Fechados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *