Skip to content

Obrigado pela parte que me toca

by vidigal on agosto 27th, 2011

Obrigado. Isso mesmo, obrigado.
Posso certamente dizer que com você pude viver uma experiencia muito diferente. Foi mais certamente ainda muito difícil no início e, de novo, certamente não chega a ser fácil. Mas sim, foi muito importante.

Obrigado, pois acho que nunca tive tantas razões para odiar alguém. Nem nunca antes tive alguém que pudesse chamar sem medo de meu inimigo.

E então há você.

Com sua graciosa existência. Sua semelhança divina – como de fato todos nós temos. Sua liberdade para escolher e suas escolhas erradas. As escolhas pelas quais disse que poderia te odiar. E de fato ainda odeio.

Contudo não é pelo ódio que sou grato. Ainda bem! Sou grato pelo que pude aprender com isso. De verdade.

Obrigado pela oportunidade de lutar para amar um tão declaradamente inimigo. Obrigado por que este claramente é um desafio não trivial. Obrigado porque você me deu a oportunidade de me aperfeiçoar.

Obrigado porque você me mostrou como que são verdadeiros e práticos os ensianamentos de Jesus e de Riobaldo. Obrigado pois isso aumentou minha fé no primeiro e me fez recordar a tacanha sabedoria do segundo.

Obrigado porque senti na pele que cultivar o ódio trará só a mim mais problemas e que o amor é o caminho mais excelente.

Siga em paz. Não erre mais. Espero esquecê-lo e um dia plenamente o perdoar.

Que o Senhor te acompanhe.

From → Reflexões

No comments yet

Leave a Reply

Note: XHTML is allowed. Your email address will never be published.

Subscribe to this comment feed via RSS