Impossível não clamar

José havia sido vendido pelos irmãos. Foi parar no Egito. Tornou-se o maior homem, depois de Faraó. O povo de Deus havia conseguido benefícios por causa de José. O tempo passa. José morre. O Faraó que conhecia José e seu povo também morre. O Faraó sucessor, Amenotepe II, faz com que o Egito seja um período de sofrimento para o povo de Deus. Eles foram feitos escravos.

O chicote estalou e doeu. A escravidão era terrível e a situação de Israel era desesperadora. A única opção era clamar à Deus. A gente já ouviu a idéia de que, quando a situação fica complicada, aí nós recorremos à Deus.

Você já tentou imaginar como foi esse clamor? Consegue visualizar alguém que sofre e diz: “Deus, faça algo por mim…”? Como você imagina o rosto e o coração de Deus, ao ouvir alguém clamando?

Depois do clamor, Deus age. A Bíblia nos ensina sobre um Deus que vê. Um Deus que ouve. Um Deus que atenta para a sua condição (Ex.2:23-25). Um Deus que conhece o seu sofrimento (Ex.3:7-9).

Deus ouve o clamor. Você percebe o quanto isso é relevante e maravilhoso?

A palavra hebraica usada aqui para clamor é SA’AQ.

SA’AQ é a expressão de dor; o “ai”(som proferido quando feridos). É uma das palavras mais poderosas da língua hebraica. Revela o clamor angustiado do oprimido, as súplicas agonizadas da vítima indefesa.

O clamor inicia a história. O clamor põe as engrenagens em movimento. O clamor sacode a poeira e faz tudo se mexer.

Por causa disso, hoje é o dia do clamor! Gostaria de lhe desafiar a clamar à Deus como você nunca clamou antes. Sonhos, angústias, traumas, coisas que nos escravizam…  Todo coração humano tem suas próprias razões para clamar!

Quais são as suas razões para clamar? Leve-as à Deus! Anote esse dia! Talvez você se surpreenda com o que Deus irá fazer.

Afinal, quando nos encontramos no topo, quando o sistema opera em nosso favor, quando somos capazes de administrar a nossa vida, o que sobra para Deus fazer?

Um grande abraço!

Eduardo Victor

Sobre Eduardo Victor

Mineiro de Belo Horizonte, 33 anos, cristão e missionário em Alvo da Mocidade. Apaixonado pelas Escrituras, tornei-me um sonhador quando descobri que Deus pode nos surpreender com as coisas mais simples e inusitadas desta vida...

Um comentário sobre “Impossível não clamar

  1. Quando estamos no topo e tudo “está bem”, acabamos nos esquecendo de quão pequenos e dependentes somos.
    SA’AQ

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *