Homenagem ao amigo

“Melhor é serem dois do que um, porque tem melhor paga do seu trabalho. Porque se caírem um levanta o companheiro; ai, porém do que estiver só; pois caindo, não haverá quem o levante.”Ec4.9-10

Quando experimento e tento cultivar minha amizade com Deus, tento andar com aqueles que são amigos de Deus. Tento ser amigo dos amigos de Deus.

Eu creio que tenho amigos.

Sabe aquele amigo que você compartilha dores, chora, confessa pecados, conversa?

Sabe aquele amigo que aponta o dedo na sua cara com amor ou que te estimula com este mesmo amor?

Aquele que te ouve, que te aceita e te ajuda a ir tirando as máscaras rumo ao caminho da autenticidade.

O amigo que brinca por que no fundo tem um carinho por você, e não porque quer de alguma maneira sobressair-se sobre você.

O amigo que acrescenta, que te ajuda a fazer crescer a semente do Reino de Deus.

Assim é meu amigo. E se você tem um amigo, ouça o conselho de Ed René Kivitz:

“Não faça nada que vá levar você para longe das suas amizades verdadeiras. Amizades levam um tempão para se consolidar e um tempinho para esfriar, pois assim como a proximidade gera intimidade, a distância fragiliza os vínculos.”

Hoje quero apenas homenagear um de meus amigos que tem me ajudado a ser um amigo de Deus.

E no dia do seu aniversário Eduardo Victor, quem ganha o presente da sua amizade sou eu.

Parabéns.

Abraço do amigo,

Fael.

3 comentários sobre “Homenagem ao amigo

  1. Não sei se consigo expressar a minha gratidão pela sua vida, pela sua amizade e por esse post, Fael…

    Obrigado por me fazer ter a certeza que, eu posso também dizer tudo isso a seu respeito, sem sombra de dúvidas…

    A vida seria sem gosto se não existisse a presença do amigo…

    A gente tá junto até o fim…

    Um grande abraço, Fael!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *