Ele aponta o dedo

(este post faz parte da série de textos Bem Casados e foi pensado para ser lido junto com seu namorado(a), noivo(a) ou conjuge)

“Alegra-te muito favorecida! O Senhor é contigo.” Foram estas as palavras iniciais do anjo Gabriel à Maria. Saudação honrosa. Esta jovem mulher havia sido escolhida. A partir de agora carregava o Senhor do universo em seu ventre. Ele estava ali, frágil, carente dos mínimos detalhes para sua formação. À medida que recebia carinho e nutrição se desenvolvia e a barriga inchava. Aquele estranho processo em seu organismo era responsável pela constituição do mais importante homem do mundo. Literalmente, Maria tinha o Rei na barriga. E sabia disso. Sua atitude foi corajosa: “aqui está a serva do Senhor, que se cumpra em mim conforme a Tua palavra”.

Quis me colocar no lugar dela. Como seria se pudéssemos gerar o maior nome que o mundo já ouviu? O que você faria com aquele feto dentro da sua barriga? Imagine que Deus o escolhe para gerar este tão importante homem. Peço permissão para ir um pouco mais longe. O próprio Deus aponta o dedo em sua direção. Você foi o indicado. Não se trata, porém, de carregar Seu filho no ventre. Deus ousou. Ele escolheu você para gerar o próprio Cristo no seu coração! Grande honra não? A verdade. Você leva neste momento o Senhor do Universo em seu peito. Alegra-te favorecido. O Senhor é contigo. Faça-o desenvolver, trate-o com carinho, alimente-o. Observe Ele crescendo, inchando diariamente seu peito. Ajoelhe-se e confesse como Maria: “aqui está o servo do Senhor. Que se cumpra em mim conforme a Tua palavra”.

Discuta: Como podemos ajudar um ao outro a “gerar o próprio Cristo” em nosso coração?

Ore: “Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra.” Lc 1:38. Que eu posso ajudar ele(a), a cumprir o chamado de Jesus.

Aja: Qual foi a última vez que vocês leram a Bíblia? Leiam o evangelho de Mateus nesta próxima semana (são apenas 4,5 páginas/dia).

PS.: texto do Guilherme, retirado do próprio Outras Fronteiras =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *