do amigo

Nesse mês, tive a oportunidade de encontrar diversos amigos, conversar longamente com alguns, compartilhar choros e risadas, problemas e soluções, dúvidas e certezas.

Todo Paulo precisa do seu Barnabé. Todo Batman do seu Robin. Todo Marx do seu Engels. Porém, acho que estando no meio cristão, muitas vezes esquecemos como é estar do lado de fora, como são os relacionamentos do lado de lá: é tão bacana poder contar com um amigo verdadeiro! Que ele crê nas mesmas coisas que você, no mesmo Deus que você, que vê como a amizade de vocês é especial. Não por mérito nosso, mas tudo por ação de Deus. E quando deixamos Ele de fora…

Sou muito grata a Deus pelas pessoas especiais que ele tem colocado em meu caminho, do que tenho aprendido com elas, do que tenho vivenciado. Espero que ainda venham várias outras descobertas por aí. Mas acho que precisamos também de lembrar que o amigo verdadeiro é aquele que também dá a “carcada” na hora certa. Aquele que, com amor, nos lembra do que vale a pena e nos mostra onde temos falhado. Aquela “pessoa-problema” poderia não ter chegado a esse ponto se simplesmente tivesse um amigo que chegasse para ela na hora certa e disse o que ela precisava ouvir. Se alguém lhe tivesse dado um limite, um basta. Mas hoje em dia ninguém tem direito de interferir na liberdade do outro, não é verdade?

Agradeço a Deus pelos amigos que cumprem essa função para mim e peço a Deus que me dê sensibilidade e amor para cumprir essa função com outros.

E aquele amigo seu, de quem você tanto gosta, mas que anda meio sumido: ele não ficaria feliz se você ligasse para ele? E aquele, que você sente que precisa de uma mudança: será que o que você tem a dizer não pode mudar a história dele? O que Deus tem te chamado a fazer?

ana.oliveira

Sobre ana.oliveira

Ana Luíza, 21, é filha única e já fez intercâmbio. Atualmente estuda Economia na UFMG e é bolsista da Associação Democracia Ativa (dispondo de muita fofoca política pra contar ;]). Adora ler, viajar e aprender línguas. Participa de Alvo da Mocidade desde 2001, estando atualmente na Comunidade. É cristã e simpatiza com o marxismo.

3 comentários sobre “do amigo

  1. Esse é um tema muito importante na vida cristã, Analú!

    As amizades cristãs fazem toda a diferença. Eu tenho notado como é essencial ter amigos que compartilham as mesmas crenças e os mesmos valores ao meu lado; eles me fazem crescer, me fazem refletir sobre minhas atitudes, e isso me ajuda muito a continuar firme! E, além de tudo, com amigos cristãos é mais fácil me sentir à vontade, e “em família”.

    Espero saber incluir Deus em cada relacionamento, cultivando e aprofundando cada amizade!

  2. Tem sido muito triste pra mim ver um amigo em especial, não cristão, desiludido com o mundo, vivendo apenas relacionamentos superficiais, pois “sabe” que não pode contar com ninguém e no fundo não há AMIGOS de verdade no mundo, pessoas com quem você pode contar de verdade. Eu olho para mim dentro da família cristã e vejo como é diferente, e sonho e oro muito por ele, para que ele possa experimentar tudo que eu vivo com Deus…

    Por outro lado vejo na minha vida pessoas com quem posso contar, e de quem tenho recebido e em quem tenho dado “puxões de orelha”, essenciais para o nosso crescimento em amizade e na vida cristã…

    Sem dúvida é muito mais fácil me relacionar com pessoas cristãs, que sinto que me entendem, pois pensam e vivem como eu, mesmo assim creio que Deus quer que eu tenha amigos no mundo, para que quem sabe eu consiga no mínimo aproximá-los de Cristo… e como é difícil! Mas não pretendo desistir… pois sei que vale a pena, e mesmo enquanto cristã sei que Deus me ensina coisas por meio deles! =]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *