“Deus, acorda!”

Nos últimos cinco meses eu e a Lu (minha esposa) temos vivenciado dias muito legais com o mais novo integrante da família: um adorável e dócil cãozinho chamado Madruguinha. Confesso que, antes de o Madruguinha chegar, eu tripudiava das pessoas que tinham enorme paixão por seus animais de estimação. Achava que era exagero e que não podia haver grande carinho entre nós humanos e um simples animal. Me enganei.

Mas quero contar uma situação entre esse cão e seus donos, que acontece sempre. Às sete horas da manhã, começamos a ouvir um pequeno choro. Um choro de quem, logo cedo, quer atenção, carinho, quer encontrar pra brincar e se relacionar.

Eu, ainda perdido pelo sono, levanto. A primeira coisa que faço é limpar as sujeiras deixadas pelo Madruguinha, que não são poucas. Depois, me preocupo em saber se tem comida pra ele em seu potinho. Quase nunca tem. Então me encarrego logo de alimentá-lo. E antes mesmo de começar minha rotina, uso de alguns minutos para me divertir com ele e ensiná-lo a pular do sofá, pois ele morre de medo.

Madruguinha

Impressionante como o Madruguinha me ensina a me relacionar com Deus. Não deveria ser assim? “Despertar” Deus, pra que nos primeiros momentos de nosso dia, nos coloquemos em atitude de confissão pra Ele limpar as sujeiras do nosso coração. E depois nos alimente com sua palavra saborosa pra que tenhamos uma vida saudável. Também não podem faltar aqueles minutos de relacionamento e divertimento. É muito bom quando a oração passa a ser prazerosa, divertida. E a medida que os dias vão passando, Deus vai nos ensinando a vencer nossos medos, anseios, os obstáculos da vida. Até finalmente, pularmos do sofá, dia após dia.

Abraços

3 comentários sobre ““Deus, acorda!”

  1. muito legal sua reflexão, fael! temos muito o que aprender com os nossos animais.. impressionante a disposição que meu cachorro tem sempre que alguém entra pela porta (por mais que tenha ficado fora por menos de 5 minutos).. tenho muito o que aprender com ele sobre gratidão, e o modo como ele valoriza as coisas mais simples..
    acho que é por isso que eu gosto tanto do filme Marley & Eu! eu achei a última frase do filme muito bonita (e muito verdadeira) : http://www.youtube.com/watch?v=rKjtnKNT5jo

  2. Valeu meninas…
    Carol, eles nos ensinam mesmo. E o filme é fantástico.
    Obrigado por acrescentar para o Post.
    Bjo meninas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *