de Coração

Algumas vezes levei café da manhã na cama para a Lú, minha esposa. Separava fruta, pão e o café quentinho que ela tanto gosta. Inclusive preciso repetir o gesto porque adoro o sorriso da minha esposa nestes momentos. Aquele sorriso parece dizer: “Que linda surpresa! Que bom que você pensou em mim”.

Mas imagine se eu respondesse: “bem, eu sou seu marido. É minha obrigação”. Ou “na verdade não foi exatamente por ter pensado em você. Eu estava fazendo pra mim, então resolvi trazer pra você. Não custa nada”.  

Será que ela iria querer o café da manhã? Com certeza não!
Por quê? Porque ela deseja o meu coração. Se não tiver meu coração, minhas palavras e atitudes não significam nada.

É assim que Deus se sente?

Jesus nos ensina: “Ame o Senhor teu Deus com todo o teu coração, com toda tua alma, com toda tua força”. Podemos ir às reuniões nas comunidades cristãs, ler ou orar todos os dias. Podemos cantar as belas músicas pra Deus e freqüentar os estudos bíblicos, mas se o seu coração não estiver ali, de que vale?

Deus disse em Isaías 29.13: “Esse povo se aproxima de mim com a boca e me honra com os lábios, mas o seu coração está longe de mim”.

Às vezes temos que parar e perguntar:
Porque faço isso?
Porque leio as escrituras?
Porque louvo?
Porque oro?
Porque dou o dízimo?

Pra convencer minha consciência? Pra não me sentir culpado? Para estar no lugar certo, na hora certa, para que eu possa ser visto pelas pessoas certas?

Deus não se importa com nossas atitudes, Ele se importa com os nossos corações. Porque quando Deus tiver os nossos corações, baterão no ritmo do coração de Deus.
Começaremos a nos importar com o que Deus se importa.
Começaremos a nos importar com quem Deus se importa.
Começaremos a ler, orar, louvar e doar porque esse é o ritmo do coração e da relação de Jesus e sua amada, a igreja.

Ou você vai ouvir Ele dizer: “não quero café da manhã.”


 

 

Referência:  Nooma –  uma série de videos produzida por Rob Bell

7 comentários sobre “de Coração

  1. Fael, confessa que tava fazendo o seu café, pensou que não custava nada levar pra Lu, disse que não era mais que a sua obrigação, e a Lu ficou com raiva! Por isso a ideia do post! kkkkkkkkk

    brincadeira!

    tenho pensado sobre o assunto, e conversado com algumas pessoas a respeito também… e agora posso ver as coisas sobre um novo ponto de vista, o ponto de vista de Deus! o qual nem sempre considero quando reflito sobre minhas atitudes…

    ah, e adorei a foto do coração! aliás, adoro corações… rs..
    beijos!

  2. Fael,
    muito legal ler seu post,pois ele veio de encontro com o que tenho orado e pensado nos últimos tempos: a vontade enorme de entregar meu coração para Jesus todos os dias, para que dessa forma, minha vida seja completamente Dele.
    Obrigada pelas palavras.
    Beijo!

  3. Valeu pela participação pessoal.

    Gabana, meu amigo sempre sensível.

    Lua, você heim, querendo me desmascarar… heheheh… compartilhar com outras pessoas é sempre bom porque percebemos que não estamos sozinhos na caminhada e ajudamos uns aos outros a crescer com Deus.

    Gabi, que honra contar com a sua participação… Que bom que gostou.
    Tamo junto nessa luta. Essas idéias estão na minha cabeça a algum tempo e espero poder ter o coração mais entregue a cada dia, como você tem orado. Aproveite e ore por mim. heheheh

    Abraços

  4. Fael…gostei muito….de fato..tocou o meu coraçao!! =)

    “Porque quando Deus tiver os nossos corações, baterão no ritmo do coração de Deus.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *