Arquivos da categoria: Bem Casados

Vocês não estão sozinhos

Amigos,

Depois de 2 anos sem postar no blog, estamos retomando a atividade. Mas, agora, temos com um objetivo bem específico: falar para casais.

A idéia é quinzenalmente colocar um texto que possa servir para você e seu par terem um momento de qualidade com Deus juntos.

Os textos foram feitos originalmente para casados, mas creio que qualquer um possa aproveitá-los – pois os desafios são mesmos, casados ou não casados.

Um abraço,

Mateus e Carla


O resultado da pesquisa que fizemos com os casais de nossa comunidade nos revelou algo sensacional: não estamos sozinhos. Ou, pelo menos, não precisaríamos estar.

Afinal de contas, nossos problemas são os mesmos:

  • 70% de nós sentimos falta de ter tempo com Deus com nosso conjugue
  • 55% de nós sofremos com estresses externos que respingam na relação
  • 54% das mulheres sentem que há mais falhas de comunicação do que deveria haver
  • 57% dos homens sentem falta de ter tempo a sós com as esposas
  • 30% de nós acha que falta carinho no dia a dia

Mas, creio que o buraco ainda é mais embaixo: não precisamos e nem deveríamos lidar com esses problemas sozinhos porque temos o privilégio de poder dividir isso com alguém, diariamente. Alguém que para se relacionar você não precisa nem sair de casa, está ali, pertinho pertinho, a uma prosa de distância… sim, ele mesmo, seu conjugue!

Publicamos este texto na expectativa de que vocês possam verdadeiramente cumprir aquilo que vocês se prometeram um dia – de ser um, como a Igreja e Cristo são um. E, para isso, meus caros, não há outro caminho, senão colocar seu conjugue como sua prioridade máxima depois de Deus – o que, naturalmente, inclui resolver os problemas que aparecerem entre vocês.

Que Deus possa nos dar a paciência, o perdão e o carinho necessários para que isso seja possível!

Discuta: qual o maior problema em nosso relacionamento hoje?

Ore: Senhor, obrigado por que um dia você nos uniu e porque você tem sustentado nosso casamento até hoje. Sem você, nada disso seria possível! Te peço que nos dê sabedoria para lidar com nossos problemas, força para quebrar nosso orgulho e admitir erros e muito carinho para tratá-lo(a) como você o(a) trata. Amém.

Aja: Qual a menor atitude que vocês poderiam mudar para dar um passo em direção a solução desse problema? Comece a mudá-la, agora.