Apresentação

Surgiu assim, despretensiosamente:

– “Guilherme, quero te convidar para escrever em um blog com a gente”.

Apesar da ideia ter agradado logo de cara não quis parecer fácil ou aventureiro. Disfarçando a pronta empolgação com a proposta, de forma comedidamente responsável, quis saber mais a respeito como se houvesse em mim alguma possibilidade de recusa. Não havia, entretanto, maiores esclarecimentos.

– “Fale sobre o que quiser e da forma como achar melhor”.

Escrevendo esta apresentação penso no possível erro cometido. Um singelo convite pode ser perigoso. Isto porque, aquele que confessa carregar consigo o enorme prazer em escrever, vez por outras paga a pena. Prolixidade. Dizer demais quando se pode, de forma artística, buscar concisão. Com isso, peço desde já desculpas por possíveis rodeios e estabeleço nesta busca meu primeiro desafio.

Deixando para outro momento tais reflexões, já tendo por foco a meta primeva por mim proposta, me atenho ao objetivo do texto  cercado no título. Guilherme Marchi. 21 anos. Estudante de Direito pela PUC Minas e de Letras na UFMG, apesar de estar este último ligeiramente trancado no presente momento. Músico por insistência e é preciso confidenciar, muito mais por transpiração do que por inspiração. Instrumentista uma vez por semana, nas terças-feiras, dia dos ensaios do Sujeito a Reboque. Peladeiro nas segundas. Voluntário em Alvo da Mocidade. Namorado da Nayara por completa bondade de Deus.

Que as palavras desenhadas neste site sejam um sussurro Dele nos nossos ouvidos. Este é o meu desejo e a minha oração.

15 comentários sobre “Apresentação

  1. Não sabia que você escrevia tão bem…
    Amei o post, palavras e sentimentos. Aliás, acho que foi isso que me fez gostar muito, o “mini-percurso” e conflitos internos até chegar aqui. É como a Carlinha disse: “o ser humano é fascinante”!

  2. Aposto que foi a Ana que te chamou… ou não foram aquelas extas palavras (que sempre serão dela).

    E juizo com a minha prima, estou de olho! hahahahaha

  3. Mto bacana o post! Que Deus use e abuse do seu dom de escrever bem para falar mtas coisas a todos nós!

  4. Cunhadinho!!!
    Se acreditasse em outras vidas poderia até dizer que vc teve alguma ligação muito forte com Machado, mas como não acredito, me contento em dizer que vc está seguindo passos (não sei se propositalmente) BRILHANTES. Vc escreve mto bem, a escrita é clara, direta, adoro como usa as “ironias refinadas”, enfim, estou “babando seu ovo”… rs, não só eu, mas também seu grande fã e admirador, o André. A cada texto qu ele lê, ele se orgulha e faz questão de compartilhar, temos conversado muito a respeito dos pensamentos que vc compartilha conosco através do blog.
    Parabens, estou também muito orgulhosa, e ansiosa por seus posts.
    As palavras são como uma chave mestra, nas mãos daqueles que sabem usa-lá com o coração, elas abrem todas as portas, e nos convence que todos as fronteiras são curtas e ultrapassáveis!
    Vc tem a chave mestra em suas mãos, e pelo que consigo ver, vc sabe usa-lá!
    Grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *