Alice e a crise

“Eu sabia quem eu era quando me levantei hoje de manhã, mas agora já não sei. Ter muitos tamanhos num mesmo dia é confuso!'” (Alice no País das Maravilhas)

“Veja: o mais importante e bonito, do mundo, é isto: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas; mas que elas vão sempre mudando. Afinam ou desafinam. Verdade maior. É o que a vida me ensinou…” (Guimarães Rosa, Grande Sertão: Veredas)

Ao ler Alice, muito me tocaram essas passagens sobre mudança, aumentar e diminuir no mesmo dia, incerteza sobre quem somos. Na fase de vida em que estou, a todo momento sou interrogada, questionada e forçada a repensar em que eu acredito e em quem eu sou. Como escrevi aqui, não é fácil. “Era muito mais agradável em casa, quando eu não vivia crescendo e diminuindo”, diria a Alice. Mas nos momentos de crise se abre a oportunidade de deixar o orgulho de lado e abraçar novas visões que vão acrescentar muito mais.

Na semana que vem, nós do Outras Fronteiras compartilharemos com vocês algumas idéias que mudaram a nossa vida. Cada um com a sua história, com a sua característica, ao ser colocado diante de uma certa nova possibilidade, ponderou e decidiu por tomar um caminho diferente do que estava sendo traçado até então. Já adianto: o contato com a figura de Cristo e a verdadeira percepção da centralidade do papel Dele não nos permitiu ficarmos “imunes”, mas nos levou a perceber que esse cara tem algo de muito especial e que merece a nossa atenção.

Pra você que está insatisfeito ou que está cansado de não saber quem é, tendo “diversos tamanhos num mesmo dia” como a Alice, espero que não escolha se acomodar na posição que te trará mais conforto, mas não necessariamente será o melhor para a sua vida. Pensar às vezes dói, mas não custa nada. Você pode é sair no lucro…

Perguntas Para Pensar: i) Como você definiria seus objetivos de vida e suas crenças (se você os tem claros)? ii) Sua vida hoje condiz com a resposta da pergunta anterior? iii) Se não, em que aspecto você está insatisfeit@?

(Esse será o último post da “Série” Alice! Se quiser conferir os outros, estão aquiaquiaquiaqui! Bjos! :D)

ana.oliveira

Sobre ana.oliveira

Ana Luíza, 21, é filha única e já fez intercâmbio. Atualmente estuda Economia na UFMG e é bolsista da Associação Democracia Ativa (dispondo de muita fofoca política pra contar ;]). Adora ler, viajar e aprender línguas. Participa de Alvo da Mocidade desde 2001, estando atualmente na Comunidade. É cristã e simpatiza com o marxismo.

8 comentários sobre “Alice e a crise

  1. Ana, vc tocou meu coração! Muito obrigada! Agora a pouco tive uma conversa (nada fácil) com Deus sobre isso! Seu post complementou meus pensamentos! E mostrou que Ele está do meu lado, me ouvindo! =)

  2. Me recordo de um Cd do Gabriel o Pensador quando questionado:
    ¨-Gabriel, vc está mudando suas músicas?¨
    ¨- Não, eu estou musicando minhas mudanças!¨
    Creio que minha vida tem passado sempre por crises que me levam a crescer!
    Abraço

  3. Ei pessoal!
    Também gostei muito de escrever esses posts… Minha filha vai chamar Alice! hehe Mas fico feliz de saber que esses posts não foram legais só pra mim…
    Bjos

  4. Oi Ana!
    Tb gostei mto da série Alice. =)
    E, poxa, é mto bom passar por mudanças. Eu sempre registro esses meus momentos mais “marcantes” (bons e ruins) em um diário. Sabe, é mto bom qnd eu abro ele e vejo como pssei por tanta coisa que naquele momento parecia impossível e, percebo hj, como cresci com isso.

    São oportunidades mto legais q Deus nos dá, ainda q não sejam nada fáceis de se viver, algumas vezes. rs

    Nossa! Como esse blog me acrescenta, viu! Gosto mto! hehe

    =D

    bjo

  5. Olá Ana!!!
    Muito bom esse último post, como todos os que falaram da Alice.
    Realmente me identifiquei muito com este, pelo fato de necessidade que tenho de precisar crescer, escolher, tomar decisões, definir quem eu sou e quem eu quero ser. A vida nos exige isso, as propostas da vida nos exige isso, querer caminhar pra frente exige isso. Mas, às vezes, é tão difícil, né?! De qualquer forma, estamos na luta pra viver de forma coerente com aquilo que nossa alma anseia!!!!
    Obrigada pela partilha…
    “eu busquei quem sou, você pra mim mostrou que eu não estou sozinha neste mundo” (Teatro Mágico)
    Um beijo!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *