Advento da Unidade

Como é sabido, João inicia seu Evangelho com uma teologia profunda: “no princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus”. Mateus, entretanto, inicia com a genealogia. João celebra o Advento com um hino, Mateus com uma lista. Para João, Jesus é a Palavra da Criação num corpo humano.  Para Mateus, Ele é um nome.

Nós podemos pensar que a abertura de Mateus é desinteressante, mas há muitas coisas acontecendo naquela genealogia. Assim como João, Mateus começa com um eco de Gênesis (“o livro da genealogia de Jesus”, veja Gênesis 5:1). Genealogia traduz a palavra grega “genesis”, provavelmente era esse o nome do primeiro livro da Bíblia já nos tempos de Mateus. Assim como João, Mateus escreve um Evangelho do novo começo.

Como muitos podem ter observado, as quatro mulheres presentes (Tamar, Raabe, Rute e a mulher de urias – Bate-Seba) na genealogia de Mateus tiveram reputações duvidosas. Tamar disfarçou-se para seduzir Judá e então poder ter um herdeiro com seu próprio sogro. Raabe era uma prostituta. Bate-Seba deixou-se seduzir por Davi, que depois matou seu marido para cobrir seu pecado. Rute era descendente das filhas incestuosas de Ló e foi muito atirada ao cortejar Boaz, um homem velho que poderia lhe chamar de “filha”. O Messias não tropeça nesses escândalos. A genealogia de Mateus mostra que eles eram, misteriosamente, estágios no caminho de sua chegada.

Todas as mulheres eram gentias ou casadas com gentios. Tamar e Raabe eram caananitas, Rute uma moabita e Bate-Seba era esposa de um hitita. Havia várias mães em Israel, mas Mateus passa por cima de todas elas: Sara, Rebeca, Raquel e Lia. No relato de Mateus, apenas noivas e mães gentias, ganham um espaço na árvore genealógica de Jesus.

Gentios, portanto, não precisaram esperar o Pentecostes para entrar no Reino. A partir do momento que Jesus foi concebido, Ele incorporou os gentios no seu corpo. Dessa forma, Jesus cumpriu a promessa de Yahweh de abençoar os gentios por meio das sementes de Abraão. Jesus é o filho de Abraão, mas não porque em suas veias correm puro sangue judeu. Jesus é filho de Abraão por causa de seu sangue misturado e corpo “impuro”, Abraão é pai de muitas nações. Antes de Jesus ensinar por parábolas ou realizar um milagre, Ele já era a o sacramento da cura da ferida de Babel.

A genealogia prepara o caminho para um Evangelho que termina com a comissão de fazer discípulos de todas as etnias, todos os gentios. À medida que os apóstolos reuniam os crentes no poder do Espírito Santo, o corpo-comunidade de Jesus se assemelhava ao seu corpo físico. Assim como Jesus, a Igreja é constituída de todo sangue, toda raça, tribo, nação e língua.

O Advento estabelece uma “genesis” porque em Jesus a raça humana ganha um novo começo. O Advento celebra o advento da reunião da humanidade e a chegada daquilo que Paulo chama de “um novo homem”.

Gabriel Lazarotti

Sobre Gabriel Lazarotti

Redimido pelo amor de Deus. Discípulo de Jesus que segue por este Caminho. Um sincero apreciador da criação. Pretenso poeta todo o tempo, advogado e músico nas horas vagas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *