A reconstrução do templo e o fim dos tempos: o que realmente importa?

Semana retrasada, um líder islâmico em Israel afirmou que o primeiro ministro de Israel está querendo reconstruir o Templo de Jerusalém, muito embora o ministro não ter anunciado nada em público.

Não quero entrar no mérito de interpretar as profecias acerca dos fim dos tempos,  mas há uma interpretação corrente em que acredita-se que, antes da vinda de Cristo, o Templo de Jerusalém será reconstruído. A base para essa interpretação está em Mt24:15 e IITs2:4.

Quando penso em tudo que em envolve o fim dos tempos (Mt24, Mc13, ITs4, IITs2, Ap, …) sempre concluo que somente uma coisa importa:

“Vigiai, pois, porque não sabeis quando virá o dono da casa: se à tarde, se à meia-noite, se ao cantar do galo, se pela manhã; para que, vindo ele inesperadamente, não vos ache dormindo.” Mc13:35-36

Não adianta nada perdermos tempo tentando interpretar/prever o que irá efetivamente acontecer, afinal, qualquer especulação é nada mais nada menos, do que uma mera especulação. Dessa forma, importa apenas que fiquemos atentos e preparados para quando os dias chegarem.

Então ficam as perguntas: se Ele voltasse amanhã, você seria o servo vigilante ou o dorminhoco? E por que não está vigiando? Está esperando Ele chegar e te ver dormindo?

18 comentários sobre “A reconstrução do templo e o fim dos tempos: o que realmente importa?

  1. cara…se ele chegar durante a noite eu estou perdido! rs.

    Mas falando sério. Que a noite espiritual não me acompanhe. Quem dera tudo fosse dia. O problema é que mesmo durante o dia tropeçamos! E se ele chegar e eu estiver caído?

    Importa tã0-somente uma vida, uma sequência…Um estado!?

    Quero ser sempre vigilante!

    Abraço meu amigo!

  2. Concordo que estar vigiaando é o principal, ainda sim, no início de Apocalipse João declara: felizes os que ouvem essas professias, e guardam o que nela está escrito. Dessa forma, embora não entendamos as coisas agora, temos que conhecer. Concordo que ficar interpretando demais e apoiar-se em apenas uma visão pode ser perigoso por ficarmos bitolados, neurados e talvez sermos pegos de surpresa.

  3. Com certeza, Vidigal – vigiar implica em conhecer… Não tem como você esperar por algo que vc não tem nenhuma idéia de como vai ser!

  4. e quanto ao que o Homero falou, isso é muito verdade, nós sabemos bem, que o “Apocalipse pessoal” pode vir a qualquer momento!

  5. Obrigada por sua breve e marcante reflexão…
    Acho que é importante pensarmos em como podemos nos preparar e também no que tem ficado em nosso caminho nos atrapalhando de vigiar.
    Vou parar por aqui porque preciso ir refletir um pouco! : )

  6. Mathew (prefiro este apelido!)
    mt joia a sua idéia!
    sem duvida, de que adianta tanta teoria… Jesus prega pela nossa avaliação pessoal.
    I like it!
    Beijos

  7. Fico imaginando que do mesmo jeito que se cumpriram profecias sem que as pessoas percebessem nos tempo de Jesus, pode ser também com a gente. E a Bíblia não diria que “o tempo” vem em uma hora em que menos esperamos se realmente fosse previsível. A verdade é que devemos mesmo esperar!

  8. Sei lá, eu nem fico pensando em apocalípse PARA vigiar (eu sei que não é o que você quis dizer, é so algo que eu pensei aqui… hehe), acho que é uma consequencia natural da vida cristã. Ou não.

    Sobre o que o Gabriel falou, sobre o que aconteceria se estivéssemos mal quando Cristo voltasse, acho irrelevante. A idéia de que todo cristão é selado com o Espírito Santo e tal, pra mim, deixa muito claro que estamos de boa, o que nao quer dizer que nao precisamos buscar a santidade, mas acho que me fiz claro!

  9. Entendi, DK, graça barata né. heheh

    ***

    Li hoje:

    Chegou a hora de vocês despertarem do sono, porque agora a nossa salvação está mais próxima do que quando cremos. A noite está acabando; o dia logo vem. Rm13:11,12

  10. Melhor graça barata do que esforço pessoal pela salvação. Falei!

    uahsAHsioaus

    Uma coisa é a salvação em si e outra coisa é busca pela santidade para se viver bem com Deus, pra mim são coisas independentes (mesmo que complementares).

  11. é galere, interpretar os sinais é muito muito muito complicado e temos que ter cuidado, mas certamente o apocalipse individual é algo ao qual estamos sujeitos diariamente…
    mto legal esse trecho de Marcos… E pra completar, algo que eu li ontem: Jo 3:34 “Disse Jesus: A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou e concluir a sua obra”. Será que em todo momento fazemos isso, vivemos tendo como sustento a vontade de Deus ou nos deixamos levar e paramos de vigiar?

  12. Simples e direto, hein Mateus? Afinal, o que adiantaria se eu estivesse correto sobre qual é a verdadeira teoria sobre o fim dos tempos, se naquilo que elas não discordam e são unânimes(Volta de Cristo) eu fosse tido como reprovado?
    Pra todos os efeitos, vivamos preparados e em paz…
    Grande abraço!

  13. É isso ai galera, gostei de ver a discussão!
    Vamos nos vigiar/preparar/esperar/viver como um cristão autêntico! Isso é o que importa… 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *